Oniguiri – sem forminha

Antes de fazer o seu onigiri, a Lilian tem alguns lembretes:

  • o arroz japonês ou “gohan”, você encontra em mercearias orientais.
  • Não o dá certo fazer com o arroz brasileiro (aquele que se come com  feijão).
  • O arroz precisa estar quente ou no máximo morno. Não funciona com arroz frio, sobras de arroz… você pode até tentar, mas garanto que não vai ficar firme no final.

Se utilizar outro recheio, use aproximadamente duas colheres de chá.

Itadakimasu! (Bom apetite!)

Onigiri sem forminha

Ingredientes

  • cerca de 2 copos de arroz japonês cozido
  • sal
  • água
  • tirinhas de nori – não existe um tamanho exato (a tira pode ser até mais larga do que o oniguiri ), fiz com tiras de mais ou menos 4 cm x 9 cm.
  • o recheio escolhido: nessa receita usamos umeboshi – conserva de ameixa verde salgada.
  • Utensílio: uma (ou duas) tigelinha de gohan (ou uma xícara rasa), filme plástico (tipo magipak).

1. Separe o que vai precisar. Deixe o seu recheio preparado, corte as tiras de nori e coloque água em um potinho ou tigelinha.

2. Corte um pedaço quadrado do plástico filme e cubra uma tigela de arroz (ou xícara rasa). Estou usando uma tigelinha infantil, portanto, a porção de onigiri será do tamanho para crianças ^_^. Você poderá fazer do tamanho que quiser.

3. Preencha a tigela com arroz. Não precisa apertar e nem encher demais.

4. Salpique sal (não exagere!)

5. Corte outro pedaço de filme plástico e coloque sobre a bancada. “Desenforme” o arroz sobre ele. Note que o arroz ainda está “soltinho”.

6. Você poderá fazer na mão daqui em diante ou retornar o plástico com o arroz em cima para a tigela. Facilita na hora de colocar o recheio se você não tiver muita prática ainda.

7. A operação acima deve ser feita para salpicar o sal na parte “exterior” do oniguiri (ou seja, na foto, o “bumbum” do arroz está levemente salgado).

8. Molhe seu dedo na tigela com água. Faça uma cavidade no meio do montinho de arroz. para colocar o recheio.

9. Coloque o recheio. Usei meio umeboshi.

10. Levante o plástico com o montinho de arroz. Se o recheio for do tipo que esfarela, desloque um pouco de arroz, tampando o “buraco”

11. Com a mão em forma de concha, vá ajeitando o arroz, fazendo com que vire uma bolinha. Não precisa apertar muito!

12. Aqui com o formato de pingo de água

13. Dê o formato tradicional do oniguiri, triangular. Como você está usando o plástico como barreira, o arroz nao gruda em suas maos ^_^

14. Pronto! Se você gosta de comer o oniguiri com o nori sequinho, deixe assim embrulhado no plástico filme (evita o ressecamento) e leve consigo um saquinho tipo zip-loc com o nori cortado. Na hora de comer é só desembrulhar o plástico e pegar o onigiri com a tira de nori!

15. Se quiser deixar pronto (a alga nori fica molinha com a umidade. Tem gente que gosta assim também!) , envolva a tira de nori ao redor do bolinho de arroz

16. Pronto! Pode aproveitar seu onigiri

Lilian Sato-Heikkinen, a.k.a. @karaimame.

Brasileira e também descendente de japoneses, ela vive em Helsinki na Finlândia, de onde escreve o blog Acquiring taste. Além de escrever e fotografar suas receitas, é crafter caprichosa, esposa e mãe da “Luonnonvoima” e ”Pikkusiili” em tempo integral. :)

Tagged: , , ,

1 comment

  1. [...] to my onigiri-introduction post on Nathy’s blog by clicking here and for the pictorial posts here and here! Hope you all like [...]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *